Inadimplência das empresas cresce 2,15% em abril, apontam CNDL/SPC Brasil
02/06/2019 14:34 em Economia

Setor de serviços, que engloba bancos e instituições financeiras, responde por 69% do total de dívidas em nome de pessoas jurídicas

 

 

O número de empresas com contas em atraso cresceu 2,15% em abril na comparação com o mesmo mês de 2018. Esta é a menor variação para os meses de abril desde 2011, quando começou a série histórica. Os dados são da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

De acordo como levantamento, a região Sudeste é a que tem maior alta da inadimplência entre as empresas. Em seguida, aparecem as regiões Sul e Centro-Oeste. Já no Nordeste foi observado um recuo de 0,60% e no Norte uma queda de 1,47% — a menor variação entre todas as regiões.

Quando se observa os setores credores, o de serviços, que engloba bancos e instituições financeiras, responde por 69% do total de dívidas em nome de pessoas jurídicas. O comércio mantém 17% das dívidas das empresas, enquanto a indústria possui 13%.
 

 

Fonte:

Agência do Rádio  

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!